Os melhores grupos artísticos para você assistir no Teatro Amazonas



Uma das melhores experiências para aproveitar em Manaus sem dúvida é assistir algum dos nossos grupos artísticos no Teatro Amazonas, sabe por quê? Além de conhecer os ritmos e danças locais, ver os melhores artistas da cidade, você também conhece uma parte do interior do Teatro Amazonas sem pagar nada ( em 90% dos casos ).


O estado do Amazonas realiza uma série de eventos durante o ano todo, onde a maioria desses eventos são abertos ao público, geralmente acontecendo de quartas aos domingos a noite. Os eventos são super requisitados pelo público local, que faz fila por algumas horas para ver os espetáculos, então procure informações na bilheteria do teatro com antecedência e não decida ir de última hora. Um detalhe muito importante é que a agenda de apresentações que estamos descrevendo aqui serve para "tempos normais", ou seja, fora do período de pandemia.



Dito isto, vamos à lista dos principais grupos artísticos do Amazonas:


1. Balé Folclórico do Amazonas

Foto: Michael Dantas/ SEC.


A companhia criada em 2001 é referência em danças folclóricas amazônidas, apresentando espetáculos com elementos da dança, da música e do estilo de vida da cultura indígena, ribeirinha, quilombola e extrativista da Amazônia.


Seu repertório conta com espetáculos marcantes, como “Beiradão”, “Herança Africana”, “Cenas Amazônicas”, “Encantos da Amazônia”, “Ritos Amazônicos”, “Bem do interior”, “Causos de Cunhã” e “Dança do Sol”.


É uma experiência para você sentir a Amazônia em sons, ritmos e gingados.



2. Amazonas Band


O grupo criado em 2000 tem a missão de difundir a música popular instrumental no Amazonas, onde o repertório mistura jazz, música caribenha - muito influente no norte do Brasil -, música instrumental brasileira e diversas expressões dos gêneros pop.


Nessa trajetória de quase 19 anos, coleciona grandes realizações, como as participações no Festival Amazonas Jazz e no projeto “Amazonas Band Convida”, eventos nos quais a banda recebeu convidados nacionais e internacionais, como Dave Liebman (condecorado com a Légion d’Honneur pelo estado francês), Bob Mintzer (por várias vezes ganhador do Grammy), Mauro Senise (vencedor de um Grammy), além de grandes solistas, entre eles, Vinícius Dorin (in memoriam), Daniel d’Alcântara e Gilson Peranzzetta, Cláudio Roditi, Leila Pinheiro, John Fechock, Jeremy Pelt, Jimmy Grenne, entre muitos outros.


É uma experiência para você esquentar a noite e esticar para uma festa com ritmos locais.



3. Orquestra Amazonas Filarmônica:

Foto: Giovanni Araújo


A Amazonas Filarmônica é reconhecida como uma das mais atuantes orquestras brasileiras. Sua criação, em setembro de 1997, foi essencial para a política de formação artística do Estado, pois possibilitou a vinda de músicos estrangeiros de alta qualidade técnica para ministrar aulas e capacitar os artistas amazonenses, o que permitiu a realização de eventos internacionais, como o Festival Amazonas de Ópera (FAO), do qual é a orquestra oficial. 


É consagrada pela execução mais abrangente do repertório operístico, dentre todas as orquestras brasileiras, com mais de 60 montagens em 21 anos de Festival Amazonas de Ópera.


É uma excelente experiência para conhecer a importância das orquestras para grandes produções musicais de filmes, pois eles costumam fazer apresentações de temas da cultura pop, como Harry Potter e Star Wars, por exemplo.



4. Corpo de Dança do Amazonas

Foto: Michael Dantas/ SEC.


Criado em 1998, o Corpo de Dança do Amazonas (CDA) foi o terceiro grupo constituído de forma profissional pela Secretaria de Cultura. É uma referência em dança contemporânea. Seu repertório conta com mais de 60 obras criadas com a colaboração de artistas do Brasil e do exterior, entre elas: “Mandala” (de Luiz Arrieta), “Cabanagem” (de Mário Nascimento), “Grito Verde” (de Ivonice Satie), “Carmen Suíte” (de Adriana Goes), “Rito de Passagem” (de Rui Moreira), “Xamã” (de Joffre Santos), “Traços” (de Henrique Rodovalho).


O grupo ganhou prêmios e foi contemplado em editais, dentre os quais, Prêmios Funarte (2004, 2006, 2009, 2014), Sesc Amazônia das Artes (2009) e Ocupação de espaços da Caixa Cultural, com o projeto Um Norte que dança (2016/2017).


Experiência indicada pra quem ama danças populares brasileiras.


Fonte: Secretaria de Cultura e Economia Criativa.


Caso você assista algum desses corpos artístico em Manaus, faça um registro e marque a gente no instagram @uika_br, que a gente compartilha sua dica cultural na nossa rede.



#culturapopular #experiências #visitbrasil #visitamazonas #corposartísticos #manaus

Amazônia, Manaus - Brasil

Rua Santo Antenodoro, nº 235. Flores

Tel. +55 92 98161 - 9631

wyk.connect@gmail.com  | contato

uika.reservas@gmail.com | reservas

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter
  • Whatsapp

© UIKA Experiências & Turismo Comunitário | Designed Camila Matos